mini-saia

Este é um blog de mulher para mulheres, bem como para homens que pretendem agradar às mulheres! Todas são bem-vindas, quer usem ou não mini-saia... E todos serão também bem-vindos, quer apreciem ou não a bela da mini-saia!

quinta-feira, junho 19, 2008

Apontamento de moda da mini-saia: as sandálias Stella McCartney!

  • Já sabemos que as sandálias compensadas estão na moda, e se tiverem um pouco de cunha ainda melhor! Sabemos também que as flores se mantêm em alta, povoando desde roupas a acessórios!
  • E vai daí, a senhora Stella McCartney (entre nós, que ninguém nos ouça, uma excelente estilista) criou umas sandalitas que conseguem ser discretas e, contudo, bem floridas!
  • Como? Através de uma sola compensada em madeira, que é uma verdadeira obra de arte - essa mesma madeira foi esculpida, e o resultado final é o que está à vista!
  • Porém, nem tudo são rosas, perdão, flores... A parte da descrição do produto, retirada do site de venda on-line do mesmo dá que pensar, e não é das mais claras: Dakar engraved wooden wedge sandals...
  • A mini-saia pede às leitoras que sejam hábeis na arte da tradução a retirar uma dúvida que ficou no ar - será que é a cor das sandálias que recebe o nome Dakar, como parece resultar daqui; ou então será que a madeira é que é de Dacar, ou ainda, e como terceira alternativa, será que é a arte de esculpir a madeira, que pertence à capital senegalesa?
  • Se vos parecer preferível a terceira possibilidade de tradução (confesso que ainda estou na dúvida...), a mini-saia não tem dúvidas de que os senegaleses são óptimos a trabalhar a madeira, mas fica, porém, sem saber se terão sido pagos à altura do preço das sandalitas - qualquer coisa como €675... Fica à vossa consideração!

(Depois de quase uma hora de pesquisa, perdi as dúvidas - a expressão hand carved (esculpido à mão), que aqui se lê, só pode ser sinónimo de uma coisa - trabalho de senegaleses...)

Veja ainda:

Compensa-te! (dicas da mini-saia)

Flores - tendência Primavera-Verão! (dica da mini-saia)



(NOTA: Aquilo que estão a ler foi escrito por Mónica Lice, no blog mini-saia (http://www.minisaia.blogspot.com/) - caso estejam a ler esta informação noutro blog ou site, é porque provavelmente os "autores" do mesmo, através dos feeds do blog, se estão a aproveitar do trabalho alheio para enriquecer, mediante um site, muitas vezes com publicidade e intuitos lucrativos. Se for esse o seu caso, deixe de ler a informação onde está a fazê-lo, e aceda ao blog mini-saia! Obrigada!)

Etiquetas: , ,

12 Comments:

  • At 19/06/08, 11:28, Blogger Andreia do Flautim said…

    São bonitas, também não percebi bem a tradução, fiquei com a mesma duvida que tu.

     
  • At 19/06/08, 11:37, Blogger Queen P said…

    Não fiquei com dúvidas quanto à tradução, as sandálias foram feitas no Senegal, recorrendo a artesãos e técnicas artesanais senegalesas.
    A Stella MacCartney tem construído uma reputação ambientalmente consciente, à base de utilização de materiais de origem não animal, por exemplo, não usa peles nem pêlos, usando bons materiais sucedâneos, e até criação de uma linha de cuidados cosméticos de luxo totalmente orgânicos.
    Penso que o uso de manufactura e artesanato senegalês deve ser um reflexo de equity trade cada vez mais usado por outras marcas (Body Shop, por exemplo) para pagar equitativamente o trabalho e/ou matérias primas oriundas de países em vias de desenvolvimento... Já se sabe que basta a aposição da etiqueta Stella Mac Cartney para o preço triplicar, mas espero que o trabalho feito no Senegal tenha sido bem pago!
    A não ser assim seria uma vergonha para a designer!

     
  • At 19/06/08, 11:39, Anonymous Raquel B. said…

    Então se ela não usa peles, os sapatos são de quê? Plástico por 600 e tal Euros! Para isso vou à China aqui ao lado... Plástico é o que não falta...

     
  • At 19/06/08, 11:44, Anonymous Raquel B. said…

    Já agora, já alguém comprou neste sito ou no outro que a Mónica recomenda, o Asos? Gostaria de saber se foi fácil e o preço dos portes, e como fizeram em relação ao tamanho, é que o meu pé +e muito esquisito e ora calça 35 ora 37...

     
  • At 19/06/08, 12:02, Anonymous Monica said…

    Olá Mónica!
    São lindas de morrer!
    Excelente trabalho de pesquisa, como sempre!
    É só pena o preço :(
    Beijo,
    Monica

     
  • At 19/06/08, 12:18, Anonymous angelasoeiro said…

    São bonitas sim Sra... Mas não sei não... aquele numero ali em baixo faz-me confusão!!!

     
  • At 19/06/08, 12:21, Blogger Queen P said…

    As sandálias não são de plástico... Basta ir ao site indicado para ver que são feitas em madeira, canvas (as tiras), em mais uma boa ideia para evitar o uso de peles, e sola de borracha.
    Daí dizer que a Stella é fantástica no uso de materiais alternativos. Pena ser tão caro, mas outros deviam seguir-lhe o exemplo... Pele (apesar de eu gostar...) não deve ser sinónimo de bom!

     
  • At 19/06/08, 14:27, Blogger Mónica Lice said…

    Queen P:
    Espero sinceramente que se trate de um reflexo do equity trade... De todo o modo, não me parece que a marca tenha pago metade sequer do valor do trabalho merecido aos jovens artesãos.

    Raquel B.:
    Mesmo sem ser em pele, são realmente caras. Mas o trabalho na madeira acaba por justificar parcialmente o preço (para além da marca, claro).
    Quanto às compras on-line, aconselho-te a leitura dos seguintes posts:
    Compras on-line! (dicas da mini-saia);
    Dicas da mini-saia express....

    Beijinhos a todas, e obrigada por comentarem!

     
  • At 19/06/08, 17:58, Anonymous Anónimo said…

    Quem me dera ser grande e ter o meu dinheirinho para as comprar (sim, porque pedir daquilo aos paizinhos não deve dar resultado). São lindíssimas, e ainda por cima sem ser em pele.

     
  • At 19/06/08, 18:16, Anonymous Raquel B. said…

    Pois, referia-me mesmo à parte superior da sandália, percebi que são em madeira.

     
  • At 19/06/08, 18:32, Blogger dangerously in love said…

    Bem....EU QUERO!mas a esse preço...aiiii!

     
  • At 20/06/08, 11:01, Blogger The Seeker said…

    Estou a favor de tudo o que seja eco-friendly, mas também da não exploração e da ajuda para a sustentabilidade.
    Por isso espero que para além de não serem prejudiciais para o "ambiente" a manufactura seja devidamente paga.

    São bonitas :)

    Pois é cá estamos nas nossas Sanjoaninas...
    Beijinhos de bom fim-de-semana.

     

Enviar um comentário

<< Home