mini-saia

Este é um blog de mulher para mulheres, bem como para homens que pretendem agradar às mulheres! Todas são bem-vindas, quer usem ou não mini-saia... E todos serão também bem-vindos, quer apreciem ou não a bela da mini-saia!

segunda-feira, março 09, 2009

Parabéns Barbie!

  • Parece mentira, mas é mesmo verdade - a nossa antiga companheira de muitas brincadeiras, e tardes de roupas e sonhos faz hoje 50 anos (a primeira, lançada em 59, é aquela que podem ver ao lado)!
  • Falando em nome pessoal, ao longo de toda a minha vida tive apenas uma Barbie - acho que aquela teve tanto impacto na minha vida de menina, que era insubstituível - talvez isso explique o facto de nunca ter pedido mais nenhuma a ninguém. Aquela era A Barbie, a minha, insubstituível e única - a mais bonita de todas, por ser ela, a estrondosa loira, de pele morena (a minha era a Barbie Marinheira), com umas curvas de meter inveja!
  • Agora que recordo o passado, percebo porque, ao contrário de outras amigas, tinha apenas uma Barbie. Na minha cabeça de menina, esta boneca era quase uma personalidade, uma entidade singular, que não admitia rivais ou concorrentes - e mesmo acompanhada do Ken, que, era, na minha cabeça, o seu namorado ou, talvez, o marido de sempre, e da irmã (uma boneca, que penso que se chamava Skipper, e que vinha acompanhado de filhotes), ela era a principal estrela das minhas brincadeiras.
  • Gostava de todos aqueles pormenores do mobiliário e das roupas - da roupa da cama, rosa, como não podia deixar de ser, mas também dos alimentos, guardados no seu ultra-mega-gigante frigorífico... As suas roupas eram deliciosas - e permitiam-me sonhar sem limites, inventando conjugações inusitadas mas que, no final, resultavam na perfeição!
  • Confesso-vos que, depois de escrito este post, soube-me bem voltar ao passado - belas as recordações que uma simples boneca nos pode trazer... E a si, que recordações lhe traz? Ainda se lembra da sua Barbie?

Leia também:

A culpa é da Barbie...

Etiquetas:

21 Comments:

  • At 09/03/09, 12:09, Blogger Queen P said…

    A minha Barbie!
    Tive duas Barbies, mas em momentos diferentes. A segunda veio substituir a primeira porque cortei-lhe o cabelo e pintei-a toda num momento demasiado artístico do qual me arrependi profundamente! As intenções eram boas, mas correu muito mal...
    O que eu gostava mais era de vestir a Barbie com 1001 roupas, a minha avó chegou a fazer umas peças muito fashion e sempre que o meu pai ia viajar trazia mais uma roupa como presente, vestí-la era o que me dava mais prazer...
    Muitos parabéns à Barbie

     
  • At 09/03/09, 12:11, Blogger Mónica Lice said…

    Tiveste coragem de lhe cortar o cabelo??? :-))))

    Nunca me apeteceu fazer tal coisa, mas tive amigas que o fizeram...

     
  • At 09/03/09, 12:13, Blogger ♫ мα∂αℓєηα ☼ said…

    Sempre me senti meio "anormal" porque nunca gostei de bonecas ...tive muitas vezes de fingir que gostava para ser aceite pelas amigas, pois "quase" todas tinham uma ou várias Barbies e claro que adoravam....enfim ..gostos :D

     
  • At 09/03/09, 12:13, Blogger Andreia do Flautim said…

    Para dizer a verdade nunca tive nenhuma barbie, tive apenas algumas imitações.

     
  • At 09/03/09, 12:57, Anonymous Dora said…

    Eu também só tive uma Barbie - A estrelas cintilantes. O vestido brilhava no escuro. Tinha muita estima por ela mas os meus sobrinhos estragaram-na. Na Toys R' Us há umas Barbies de colecção lindissimas. Adoro, Adoro. Qual quer dia compro uma à minha princesa.

     
  • At 09/03/09, 13:15, Blogger Analog Girl said…

    Hmmm...eu tive bastantes.
    Acho que a minha família se sentia bastante contente por eu gostar tanto de Barbies que me davam sempre nos aniversários e natais.
    Mas mesmo assim, sempre as tratei muito bem.

    A minha primeira foi a mesma que a da Dora, aqui no comentário acima, que recebi num natal,em que ainda ma apetrecharam com um toucador e uma cama, com tecido que brilhava no escuro. Era um delírio.

    Ao longo do tempo coleccionei mobiliário e vestidos, eu própria fiz algumas peças, cheguei a cortar (ligeiramente) os cabelos de algumas, e, mesmo depois de me desinteressar de brincar com elas, ainda pude ver a minha irmã a ter as suas próprias Barbies. É giro. É mais um ícone que faz parte da nossa vida, e continuará a fazer, certamente.

    Hoje, apenas gostaria de ter a versão de coleccionador, da Scarlett O'Hara, que acho simplesmente deliciosa.

     
  • At 09/03/09, 13:59, Blogger Charlie, The Sinner said…

    MWAHAHA :| Eu tenho mais de 70 Barbies (sim, Barbies! Nada de imitações.) e quando as minhas primas não querem as delas... Eu peço-lhes que mas dêem! E filha minha há-de brincar com Barbies.

    Quando era pequena, montava o arraial todo cá em casa: Não faltavam prédios improvisados, mansões, lojas, por aí fora. E às vezes ainda brinco com a pequenada!

    Beijinho

     
  • At 09/03/09, 14:16, Blogger Pipoca said…

    A barbir tem o maior clube de fãs do mundo...coisa que descobri recentemente. Também na VIP desta semana, que traz um artigo sobre o aniversário da Barbie soube que está divorciada, já não há Ken para ninguém :)
    Um beijinho

     
  • At 09/03/09, 15:22, Blogger Fabulastica said…

    Olá Mónica! Que bom reviver a Barbie, grande ícone da minha infância. Tenho enúmeras histórias sobre a Barbie, mas a mais inesquecível foi a que eu escrevi no meu blog:

    http://historiasdavidaprivada.blogspot.com/2008/09/barbie-sem-cabea.html

    EHEH Demais!

     
  • At 09/03/09, 15:23, Anonymous Anónimo said…

    eu também só tive uma BArbie e lembro-me de ser o dia mais feliz da minha vida. Não me lembro qual era a designação dela, se calhar a executiva, tinha um fato rosa de trabalho e depois o fato virava-se do avesso e era um fato de sair á noite. Só sei que delirava com aquelas roupinhas e ainda hoje adoro. Ainda a tenho lá em casa já tem mais de 25 anos, seguramente eu tenho 33. Só me lembro que quando crescesse queria ser como ela em tudo....há coisas que nunca mudam...parabéns BArbie

     
  • At 09/03/09, 16:44, Blogger Fi said…

    Sim, lembro-me bem!
    Tinha várias...mas parecia que nenhuma era a minha especial!
    Até que um dia estava com os meus pais em espanha de férias e encontrei numa loja, a barbie corazón...e nao é que tinha cabelo castanho e uma filhota pequenina na mesma caixa!! adorei! ficou a ser a minha predilecta por ser diferente de todas as outras!

     
  • At 09/03/09, 17:07, Anonymous Joaninha said…

    Eu só tive uma Barbie. Lembro-me que os meus tios que vivem nos EUA me enviaram uma de presente de aniversário. Na altura nem havia Barbies em Portugal, por isso eu nem sequer sabia o que inha à minha frente. Depois disso tive o Ken e o salão de beleza (que tinha umas canetas para pintar o cabelo e um champô que permitia lavar a tinta) e uns quantos fatos e vestidos. Nada daquilo que é hoje... olho para a minha sobrinha e vejo a quantidade de coisas que lhe dão. Assim nunca vai ter esta sensação de coisa única que teve entre as mãos quando era pequena. Ainda guardo a Barbie e uma caixa de lata com os seus fatos. Beijinhos!

     
  • At 09/03/09, 17:45, Anonymous marcia tavares - YvesRocherMGT.com said…

    Meu Deus a minha Barbie

    Eu tinha cerca de 6/7 anos quando tive a minha primeira Barbie, lembro-me como se fosse hoje

    Foi uma emoçao :)
    Foi no dia do meu Aniversário, na altura os meus pais fizeram um sacrifio enorme para me dar a minha bonequinha, já na altura era tao cara mas os meus pais mesmo com dificuldades na altura lá me deram
    Eu há já muito tempo que lhes pedia uma barbie, ficava colada pelas montras de brinquedos sempre que via uma em exposição

    Entao nessa manha o meu irmão veio ter comigo e disse
    "marcia, sabes a mãe e o pai compraram-te a Barbie"
    Bem eu nem queria acreditar, estava anciosa, nervosa, que choque no bom sentido que eu tive

    lembro-me que a minha mãe estava de cama, doente, e veio almoçar de proposito connosco para estár comigo e ver a minha alegria
    Eu pequenita, la estava aguardar e sempre na esperança que o que o meu irmao me disse fosse realmente verdade
    Chegou o momento
    Marcia, dizia o meu pai...
    Toma lá a tua prenda
    Bem eu so de ver o formato da caixa, começei a chorar e fui a correr para a casa de banho porque a emoçao foi tal que tive de ir para a casa de banho
    Finalmente tinha a minha Barbie

    Linda era um Bailarinha, cor de rosa, cabelo enrrolado nas pontas e com uns sapatinhos lindo de bailarina.
    Infelizmente passava dias e dias com ela, entao fui acabando por a estragar de tanto a pentear...

    Acho que foi das prendas mais bonitas que tive, pelo menos foi a que me deu mais emoção

    Engraçado ver este artigo, é que neste fim de semana comprei uma barbie tb bailarina para uma menina de 4 aninhos, a Rafaela, que tb adora Barbies

     
  • At 09/03/09, 19:48, Blogger Prinxesa Boboleta said…

    Olá!

    Eu, tal como tu, só tive uma Barbie, e também foi a Marinheira. Recordo agora com nostalgia todas as brincadeiras que tinha com a minha vizinha no hall do prédio, onde montávamos todo o estaminé para um tarde que passava num instante. Quando dávamos conta tinhamos que arrumar tudo pois era hora de jantar. A minha tia fez-me vários fatos e era o delírio. Brinquei tanto com ela que até perdeu parte da maquilhagem que tinha.

    Bons tempos...

    Jinhos

     
  • At 09/03/09, 19:50, Blogger Le Rachelet said…

    Costumo dizer que sou como sou porque os meus pais nunca sucumbiram aos meus pedidos/súplicas/chantagens e me deram uma Barbie. Até podia ser a Malibu, que só vinha com o fato de banho e era a mais baratucha. Eu sei disto porque todos os dias as namorava da montra de uma loja de brindes enquanto a minha ama (hoje diz-se babysitter, que posh!) ficava no codrilhice com a dona da retrosaria.

    Enfim, tive Barriguitas e se calhar é por isso que não sou completamente isenta de qualidades!

     
  • At 09/03/09, 22:24, Anonymous Anónimo said…

    Eu nunca tive uma Barbie! O meu pai achava que era uma boneca foleira, as minhas bonecas tinham que falar e andar!!!
    AnaMel

     
  • At 10/03/09, 10:46, Anonymous Joana said…

    Eu tive várias Barbies desde muito pequenina. E sim, Mónica, a certa altura cortava-lhes o cabelo e depois ia chorar ter com a minha mãe porque o cabelo não crescia como o meu.... ;) eheh. Depois lá entendi que o cabelo das bonecas não cresce e então divertia-me a fazer madeixas com marcadores. Enfim. Pobres Barbies, muito sofreram nas minhas mãos.... ;)

     
  • At 10/03/09, 14:12, Blogger Carol Cedano said…

    Gatíssima, seu blog é ótimo... Vou te linkar!!
    Só tem uma coisa... A primeira Barbie tinha um maiô listrado... rsrs

    Acessa meu blog p vc ver!
    Um bjo, flor!!!

     
  • At 10/03/09, 15:00, Anonymous inês said…

    Talvez tenha a ver com gerações, mas eu tive imensas, mais de 50 com toda a certeza (tenho 18 anos). Hoje estão todas arrumadas mas lembro-me bem, e com saudade, dos tempos em que tinha um armário com prateleiras no quarto, o Armário das Barbies. Fui daquelas que cortou cabelos (não rapado, era mais para se destacar das outras), pintei, fiz tranças e despi. Lembro-me que, na primária, convidava amigas só para brincarmos às barbies (e com os Action Men do meu irmão porque Ken só tive um e um para 50 não dava xD). Claro que na altura não pensava assim mas, hoje, penso que nelas via-me a mim quando crescesse, uma vida sem preocupações mas antes cheia de luxos: tinha o carro, a casa, a cozinha com um frigorífico que adorava, a prancha, o golfinho, o cão, o gato, os bebes, as filhas, as roupas, os sapatos (eu amava os sapatos, tal como amo sapatos hoje!). Tive morenas, ruivas, mas essencialmente loiras.

    Não tive uma preferida, mas consigo visualizar ao pormenor 3 ou 4, em especial a Barbie instrutora de golfinhos que vinha com um fato de calçoes vermelho e amarelo impermeavel e com um golfinho a acompanhar que não fazia barulho mas eu fazia por ele. :)

    Soube-me tao bem escrever este texto, foram tempos excelentes. Obrigada Barbie e parabéns ;D
    Bom tema mónica ;)

     
  • At 10/03/09, 15:35, Anonymous Tânia said…

    Boa tarde!
    Bem que tema.. não podia deixar de comentar!
    Depois dos meus queridissimos nenucos, a Barbie foi sem dúvida uma grande marca da minha infância. Adorava-as! Tive tantas, Devo ter umas boas dezenas delas. Algumas são imitações, presentes de familiares que sabiam o quanto eu delirava com as Barbies, mas que não tinham possibilidades de me oferecer a verdadeira! Mas eu recebi-as com igual carinho e entusiasmo. Para mim era uma Barbie igual às outras, so com a pele e o corpinho um bocadinho mais sem brilho :-)

    Adorava brincar com elas! Inventar histórias, trocar-lhes as roupas, fazer-lhes barrigas de grávida :-)
    A minha cama era muias vezes a casa grande, a mansão. Fazia divisões conforme conseguia :-) O corredor aqui da casa também sofria, era a maior mansão que conseguia fazer :-) e lá andava eu de gatas a percorrer a casa... passei muitas horas na brincadeira.. Tinha um ken e várias Kelys.. Era uma verdadeira loucura!

    Hoje guardo-as a todas com muito carinho. Todas elas, as kelys, o ken, todos os acessorios... Está tudo guardado com muito carinho :-)
    Sempre fui muito menineira, quando tiver a minha filha ( que desejo muito ter uma menina) hei-de mostrar-lhe o tão bom que é e tão saudável é brincar com Barbies :-)

    E este foi o meu testemunho um bocadinho longo :-)

     
  • At 10/03/09, 18:48, Anonymous Anónimo said…

    Tive imensas barbies e sabe-se lá porquê mordia lhes os pés!
    Olhando para trás até percebo porque o fazia..........é que eram tantas barbies e apenas um ken....dá cabo dos nervos a qualquer criança!

    Parabéns à Barbie!

    ASS:Kathy

     

Enviar um comentário

<< Home