mini-saia

Este é um blog de mulher para mulheres, bem como para homens que pretendem agradar às mulheres! Todas são bem-vindas, quer usem ou não mini-saia... E todos serão também bem-vindos, quer apreciem ou não a bela da mini-saia!

sexta-feira, abril 24, 2009

Andarão os deputados da Nação a ler o mini-saia?

  • A resposta parece ser afirmativa, pelo menos a avaliar pela carta enviada ao Director do Público, por Paulo Carvalho, e publicada na edição do passado domingo:

CARTAS AO DIRECTOR 19.04.2009

E os parlamentares escandalizaram os alunos...

Não deve haver semana em que a Assembleia da República não receba a visita de centenas de alunos, provenientes de todos os cantos do país, sob a orientação de seus professores, com o objectivo de observar in loco o funcionamento desse órgão fundamental da democracia que é o Parlamento. Se para qualquer cidadão português adulto tal visita deveria constituir quase um dever cívico, tratando-se de crianças, adolescentes e jovens em formação, essa visita assume uma importância inquestionável. Foi com estes pressupostos que, conjuntamente com alguns colegas meus, professores, acompanhei cerca de cem alunos há dois dias a uma sessão parlamentar. Acresce dizer que os alunos em causa se debruçam presentemente, na disciplina de Filosofia, sobre conteúdos programáticos relativos ao Estado, ao Direito, à Justiça e às funções das instituições civis, pelo que estavam particularmente despertos para o que se iria passar. Advertidos de que não se poderiam manifestar nas galerias, nem a favor nem contra, sobre as matérias em apreço, mantiveram-se em silêncio, bastante mais atentos do que em muitas aulas. E a que é que assistiram? À intervenção sequencial dos oradores de cada partido e, simultaneamente, a um número enorme de deputados completamente alheios ao discurso do orador, conversando descontraídos uns, gargalhando outros, telefonando ainda outros, dormitando um, meia dúzia dando as costas ao orador, imensos olhando o ecrã do computador em frente, distraídos no Messenger, no Twiter, nos blogues (no Mini-saia, sobre unhas, observou alguém), no e-Bay, vendo fotos de família, etc., enfim, aquilo que alunos e professores conhecem como "uma turma mal comportada". Aliás, extremamente mal comportada. Claro que, enquanto cidadãos atentos, os professores não ficaram propriamente surpreendidos (alguns porque já lá tinham estado, todos porque acompanham pelos media a vida parlamentar); indignados ficaram, mas não surpreendidos. Os alunos, porém, à saída, faziam questão de manifestar o seu escândalo, deixando aos professores pouco espaço de manobra para justificar o injustificável. De facto, não há "figurino do aparte" ou "funcionamento do Parlamento por comissões" que possa escamotear a simples falta de respeito pelo outro (escutar o interlocutor é o mínimo exigido para quem pretende contra-argumentar), quanto mais as faltas de sentido de Estado e de civismo, ou a inqualificável falta de responsabilidade de quem se sabe observado por crianças e adolescentes que serão os futuros cidadãos eleitores deste país e, mesmo assim, tem a postura que tem! Estavam a ser tomadas decisões importantes para o futuro daqueles alunos (no caso, as limitações impostas aos órgãos de Comunicação Social), mas, devido ao péssimo exemplo dos deputados em causa, o conteúdo passou ao lado da maioria desses alunos. No entanto, é sabido que, naquele contexto, a forma é quase tão importante quanto a substância: com o exibicionismo de uma tal atitude autista e cínica, apostada para mais em realçar somente diferenças e incapaz de chegar à etapa das concessões e dos consensos, ninguém acredita que se trabalhe ali para o bem comum. Aqueles alunos, pelo menos, não acreditaram. E pior: talvez não venham alguma vez a acreditar nisso... Obrigado, senhores deputados! Paulo Carvalho, Sintra

Etiquetas:

32 Comments:

  • At 24/04/09, 00:18, Anonymous Adriana said…

    Olá Mónica!
    Sou leitora assídua do seu blog e acho fantástica a maneira como o tem conduzido!
    Quanto à notícia, mais do que folgar em saber que os nossos políticos conhecem este fantástico cantinho, sinto frustração ao constatar aquilo que, no fundo, toda a gente diz: estes governante não são um modelo a seguir. E por governantes não se entenda PS, entenda-se a classe política ali representada. Claro está que não podemos julgar o todo pelas partes mas quer-me parecer que o sistema político está mesmo a precisar de uma reviravolta. Se esses senhores cumprissem o seu trabalho como deve ser, talvez uma mensagem de esperança passasse para os cidadãos e tomássemos um novo rumo.. Bem, peço desculpa pelo desabafo mas realmente há coisas a que não consigo ficar indiferente e a indiferença com que alguns políticos tratam o futuro de todos nós é uma delas.
    Mais uma vez, muitos parabés pelo blog e muito sucesso com as consultas de imagem =)
    Um beijinho

     
  • At 24/04/09, 00:47, Blogger Lolipop said…

    Deve ter sido a Teresa Caeiro...eheheheheheh

     
  • At 24/04/09, 01:02, Blogger M Isabel G said…

    Eu acho lindo!!!!!!!!!!!!
    :)

     
  • At 24/04/09, 01:31, Anonymous Andreia said…

    Concordo que este comportamento está errado, no entanto em todas as profissões podemos encontrar pessoas que desempenham o seu trabalho convenientemente e de uma forma ética e outros que não.
    Não vamos por isso descredibilizar toda uma classe.

    Outra questão que me preocupa neste país é a forma como escrevemos. O autor deste texto escreveu

    "acompanhei cerca de cem alunos há dois dias atrás"
    (1ª coluna)

    ... pois escreve-se: à dois dias atrás...

    Esta é uma questão importante à qual não temos dado a devida atenção!

    Mónica, aproveito para te agradecer este blog.

     
  • At 24/04/09, 01:46, Blogger doce e bela said…

    HEHEH...muito bom!

    Acho muito bem que leiam!!! Deve ser a única coisa que as anima por lá!!

    Continuação de um bom trabalho!;)

     
  • At 24/04/09, 09:19, Anonymous Inspiração Inesperada said…

    Apanhada em flagrante!
    Apesar de "escandaloso", não deixa de ser giro :)
    Parabéns Mónica!

     
  • At 24/04/09, 09:25, Blogger Tina said…

    espetacular!!!!
    Ainda me estou a rir sozinha a imaginar a cena!!!!
    Mais uma evidência do sucesso do blog! Parabéns!
    Beijinhos e tudo de bom!

     
  • At 24/04/09, 09:26, Anonymous macaca said…

    Andreia, não saber não é crime, mas não saber e dar palpites fica sempre mal. Não é nem h"á dois dias atrás", nem "à dois dias atrás". É "há dois dias".

     
  • At 24/04/09, 09:39, Anonymous Anónimo said…

    "à dois dias atrás.."???

    Cá está um bom exemplo de pior a emenda que o soneto.
    A macaca tem razão, é simplesmente "há dois dias".


    Marta

     
  • At 24/04/09, 10:16, Anonymous Anónimo said…

    Andreia desculpa, mas estava bem escrito o "há", quando se refere a tempo tem sempre "h"

     
  • At 24/04/09, 10:29, Blogger Cindy said…

    A verdade é que eu neste momento tb estou no trabalho... eu e 99% dos por aqui passam, de certeza!!!

    O que achei giro foi nomear um blog específico e ficar no topo ao lado do messenger e do twiter!!
    Muitos parabéns!!!

    Beijokas boas

     
  • At 24/04/09, 10:40, Anonymous Anónimo said…

    há com 'h' refere-se ao verbo haver, pelo que se escreve 'à dois dias atrás'

    :)
    Asofia

     
  • At 24/04/09, 10:46, Blogger Olhos Dourados said…

    Quem diria!

    P.S. A Asofia acima enganou-se, "Há dois dias atrás" refere-se sim ao verbo haver, escreve-se com H. Tal como corrigiu e bem a macaca. (basta ir confirmar a uma gramática;)

     
  • At 24/04/09, 11:07, Anonymous Anónimo said…

    E é esta gente que nos governa!

    Andreia

     
  • At 24/04/09, 11:29, Anonymous Anónimo said…

    ver pessoas a corrigir supostos erros de português dando erros tão primários e insistindo neles é assustador.
    é há com h porque refere-se a tempo. quando se refere a tempo ou se equivale ao verbo existir é "há" com h. Isto é um erro que muita gente dá, mas para mim é dos mais indesculpáveis. Quando escrevemos com pressa até é admissível que escape, agora estar a reflectir e a insistir no erro é grave!

     
  • At 24/04/09, 11:53, Anonymous Anónimo said…

    OMG!!!
    Minhas amigas, basta pensar no mais básico: "Era uma vez, há muito tempo..." - isto está em todas as histórias para criança. Please...Já era de se saber,não???

     
  • At 24/04/09, 12:30, Blogger missstylist said…

    Isto só prova que o minisaia ja faz parte de muitas vidas! ;)
    Pelo menos da minha ja faz :D
    Obrigado Monica

     
  • At 24/04/09, 13:45, Anonymous Inês said…

    é há com "h" do verbo haver!

    pensem na expressão como "faz dois dias que..."

     
  • At 24/04/09, 13:52, Anonymous OriBeleza said…

    No fundo, a mini-saia é já um ponto de encontro de uma extensa comunidade, tal como o Messenger e o Twitter!

     
  • At 24/04/09, 17:10, Anonymous Anónimo said…

    Que graça! O MINI-SAIA visitado pelos deputados/as!!!!!
    É o sucesso, é o sucesso :)

    Também não pode deixar de achar piada à correcção equivocada da jovem Andreia, sobre o "há / à" e à sua defesa pela ASofia ... Pelo que vi com os comentários pertinentes das outras,o erro ficou esclarecido HÁ muitos minutos!!!!
    Uma beijoka!
    Clau

     
  • At 24/04/09, 17:16, Blogger M said…

    Parabéns Mónica!
    Xoxo
    M

     
  • At 24/04/09, 19:03, Blogger Marlene Conraria said…

    Olá Mónica!

    Que bom saber que o Mini-Saia suscita interesse por parte de alguns deputados, ou deputadas. Continuação de bom trabalho e votos de muito sucesso!

    Beijinhos!

    Para a Andreia, que lançou a polémica da utilização do "à" ou "há" deixo-lhe estas duas sugestões para o esclarecimento das suas dúvidas (uma gramática também é sempre bem-vinda).

    http://www.virtualegion.com/forum/index.php?topic=319.0
    http://embomportugues.blogs.sapo.pt/tag/ah

     
  • At 24/04/09, 19:07, Anonymous Anónimo said…

    É por isso que este país nunca chegará a lado nenhum... Sou professora de português e posso garantir-vos que a forma correcta é: "há dois dias atrás". Sim, refere-se ao verbo haver. Conhecem a expressão "houve em tempos..."? Pois é, o verbo haver conjuga-se com o tempo: dias, meses, semanas, etc. Por favor, escrevam e falem bem. E sobretudo, quando derem palpites saibam do que estão a falar. Povo ignorante. Já para não falar dos deputados, caramba!

     
  • At 24/04/09, 20:44, Blogger Carlota said…

    Que o Mini-Saia é um sucesso, eu já sabia. Que o era também entre os que têm assento na AR é que é uma novidade para mim! :)
    A situação relatada na carta enviada ao Público é vergonhosa. Mas não me surpreende. O nível da maioria dos políticos portugueses é muito baixo.
    Quanto aos erros de português, só vou dizer que me deixou perplexa a correcção no sentido de que não se escreve ' dois dias'.
    Eu apenas corrigiria o pleonasmo 'conjuntamente com'. ;)
    Bom fim-de-semana, Mónica!

     
  • At 27/04/09, 12:46, Blogger Mulher a 1000/h said…

    Em relação à Anónima, professora de Português, que acaba de apelidar todo o nosso povo de "ignorante", apraz-me dizer, que enquanto professora de Português e outras línguas, que também sou, é essa a função dos professores: Ensinar! Passando o povo de "ignorante" a "elucidado" e esclarecido! Mais positivo do que insultar, quer-me a mim parecer que exercer a nossa função enquanto professores e cidadãos é bem mais podutiva, quando poupamos o nosso "povo" de insultos generalizadores!
    Em relação aos deputados, não me escandaliza nada! Por outro lado, parece-me bem natural! Afinal de contas, não terão também eles todos "unhas" e quiçá, gosto pela moda!?
    É por vezes necessário pôr a mão na própria consciência e pensar, quantas de nós não fazemos também essas coisas no nosso horário de trabalho, havendo disponibilidade para isso, naturalmente?! ;) - Eu me acuso!!!
    De "ignorante" para o povo, deixo aqui o meu apelo: utilizem o equilíbrio em todas as análises que façam e resitam ao insulto, que é a forma mais fácil de deixar tudo como está... sem nos empenharmos na mudança! A partir do erro, nasce da discussão a "LUZ", como aqui aconteceu em relação ao "deslize" da Andreia!
    Obrigada Mónica pelas dicas e pelo espaço de "discussão"! Parabéns pelo BloG!

     
  • At 28/04/09, 11:32, Anonymous Anónimo said…

    Cara Mulher a 1000 à hora... deveria ter vindo só a 10 à hora, assim poupava-nos aos seus 3 erros de português... "Quer-me a mim parecer" deveria ser apenas "Quer parecer-me"; "... é bem mais podutiva" deveria ser "... é bem mais produtiva" e "... resitam ao insulto" deveria ser "... resistam ao insulto". Quanto ao povo, sim, é ignorante. Raramente se vê alguém a escrever e a falar bem. Raramente! E é preciso que alguém o diga. Tanta gente na escola anos e anos e continuamos todos burros, a dar erros inadmissíveis. Devíamos todos saber falar e escrever. Não é tão triste ver os nossos gestores e directores de empresas a enterrarem-se cada vez que escrevem ou falam? E depois o mais triste é ouvirmos os comentários: "Coitado, não sabe escrever...". Vejo isto na empresa onde trabalho e graças a Deus que há duas ou três pessoas que sabem o que fazem. E como falam. E como escrevem. Mónica, parabéns por ter um blog tão bom e tão correcto no português.

     
  • At 28/04/09, 15:03, Blogger Mulher a 1000/h said…

    Uau! =) Fantástico, não sabia que o blog do mini-saia agora também tinha corrector ortográfico. Mas é bom, é positivo ver a criatividade das pessoas, empenhadas, ainda que 10 à hora, na correcção ortográfica dos “erros de oralidade” dos outros, leia-se na expressão “quer-me a mim parecer” (de resto nitidamente irónica, coisa que passou ao lado de pessoas atentas na correcção ortográfica, mas distraídas em relação ao sentido e conteúdo do texto!) e nos erros de digitação apressada de mentes a 1000 à hora, leia-se nas palavras “produtivo” e “resistam”. O que é de resto, bastante compreensível, não estivessem os correctores de velocímetro a 10 à hora!
    Mas mais uma vez porém, não se conseguiu “resitir” ou resistir ao dito cujo, o insulto… pior do que a ignorância no "escrever e falar bem" é mesmo a ignorância ideológica! Se de resto erros inadmissíveis, de facto, cometemos (e que não se leia “damos”) é o erro de pensar que por se escrever e falar com correcção no português se dizem sempre grandes verdades!
    Não faço a apologia do erro ortográfico, mas se me permite deixo-lhe uma sugestão, Cara Anónima, da próxima vez que ler um texto, não lhe procure erros de distracção, forçosamente para escrever um comentário semi-piadético, leia-lhe antes o conteúdo e inspire-se…
    De resto, da forma como “aparentemente escreve e fala bem”, contra o resto do Povo "burro e ignorante", que passou "anos a estudar", talvez sob a égide de um ou outro "qualquer" professor anónimo, penso que teria lugar no Parlamento, afinal de contas o blog já lê… só lhe falta mesmo lá estar sentada…
    E agora, se me permite, remeto-me ao silêncio, retirando-me a 1000 à hora, pois a minha vida não se limita a trocas de galhardetes ideológicos nem ortográficos com anónimas leitoras de blogs, que ainda que em “bom português”, não são o espaço ideal para estes efeitos!

    P.S. – se erros houver neste texto, “coitada de mim”, deixe-os ficar por favor, não me parece que seja por isso, que este texto tenha sido menos “bem escrito”! Para bom português, meia palavra basta! ;)

     
  • At 29/04/09, 11:08, Anonymous Anónimo said…

    Ui, ui... ficou toda picada...

     
  • At 29/04/09, 11:11, Anonymous Anónimo said…

    Já agora, por acaso o mini-saia tem corrector de português. Cada vez que escreve uma coisa mal escrita fica sublinhada a vermelho... reparou? Mas não leve a mal e... relaxe, por amor da santa. A vida é muito curta para tanta "acidez"...

     
  • At 29/04/09, 11:17, Anonymous Catarina Lourenço said…

    Mulher a 1000/h... deixe-me dizer que é muito feio dizer que as outras pessoas a insultam e a seguir meter-se a insultar os outros... São apenas alguns exemplos no seu texto: "mas distraídas em relação ao sentido e conteúdo do texto!"; "...pior do que a ignorância no "escrever e falar bem" é mesmo a ignorância ideológica!"; "...é o erro de pensar que por se escrever e falar com correcção no português se dizem sempre grandes verdades!"; "...forçosamente para escrever um comentário semi-piadético, leia-lhe antes o conteúdo e inspire-se..."

     
  • At 29/04/09, 13:03, Anonymous Anónimo said…

    Por acaso até acho a mulher a 1000 à hora tem razão! E não acho que ela tenha insultado niguém...
    Já agora... o meu tb n tem corrector ortográfico, isso deve ser um programa qq do PC e não do Blog!

     
  • At 29/04/09, 16:53, Anonymous Susana said…

    Não insultou??? Bem, mas deve ter ficado a remoer e bem sobre o assunto... no blog dela deixou um testamento... ufffffaaaaa

     

Enviar um comentário

<< Home