mini-saia

Este é um blog de mulher para mulheres, bem como para homens que pretendem agradar às mulheres! Todas são bem-vindas, quer usem ou não mini-saia... E todos serão também bem-vindos, quer apreciem ou não a bela da mini-saia!

quarta-feira, julho 29, 2009

Bolhas nos pés - como evitar e tratar!

  • A Paula, que vai de férias em Agosto, enviou-me o seguinte e-mail:

Vou na terceira semana de Agosto a Paris e já sei que me esperam muitas caminhadas. Como sempre que vou de férias para alguma cidade, ao fim do 1.º dia, já estou cheia de bolhas nos pés. Conheces alguma solução milagrosa que evite isso???

  • Quem nunca sofreu com bolhas nos pés que levante o braço! Pois é... se calhar é uma sortuda e então está de parabéns. Se não o for, então o melhor é começar por ter muito cuidado com o calçado usado: sapatos confortáveis (nunca usar sapatos novos, por muito bonitos que sejam) são indispensáveis! Não têm que ser necessariamente sapatilhas - o importante é que ande bem com eles.
  • Para evitar bolhas é importante que o calçado esteja bem ajustado ao pé, de modo a não existirem zonas do sapato ou chinelo que criem fricção com o pé, o que, no final do dia, se costuma traduzir em dolorosas e inestéticas bolhas.
  • Outra forma de o evitar passa por recorrer a produtos anti-bolhas. Um desses produtos é o Stick Anti-bolhas da Compeed, que contém um lubrificante natural que reduz, de forma instantânea, a fricção dos pés nos sapatos. O mesmo é incolor e, como vem em formato stick, é de muito fácil aplicação.
  • Se já tiver bolhas nos pés, pode sempre seguir a tradicional técnica da linha, que passa por perfurar a bolha com uma agulha com linha de algodão (previamente desinfectadas), deixando um cm de linha de cada lado e por fora da bolha. Depois, deve pressionar a bolha, para que o líquido saia e deixar a linha, que evitará que novo líquido se volte a acumular na bolha.
  • Para as pouco adeptas desta técnica, existem os pensos para bolhas, também da Compeed, em 3 tamanhos diversos (pequenos, médios e grandes), consoante o tamanho da bolha. Assim, as bolhas ficam protegidas da água, da sujidade e de bactérias, ao mesmo tempo que cicatrizam mais rapidamente.
  • Se conhece mais soluções anti-bolhas, partilhe-as, por favor, aqui. A Paula agradece e os pés femininos também!

Etiquetas: , , , ,

18 Comments:

  • At 29/07/09, 00:59, Blogger ♥ Guida said…

    Anos de caminhadas levaram-me a concluir que algo que dá uma ajuda enorme são pensos higiénicos dentro do sapato. Amortecem! Ah, e para quem anda de calcanhares roídos uns discozinhos de algodão (daqueles dos tónicos e cremes) por baixo do pé nessa zona podem ajudar visto que a zona onde há fricção fica mais elevada.


    Beijinho

     
  • At 29/07/09, 03:41, Blogger Vanessa said…

    Monica, que maravilha! Eu aoinda nao havia nenhum conhecimento sobre estes "anti-bolhas". Obrigada por compartilhar conosco.

     
  • At 29/07/09, 08:26, Blogger Tânia said…

    Eu já usei e posso garantir que são fantásticos.
    Ando sempre com alguns na mala para aqueles momentos!!
    Valem mesmo a pena...

    Tânia

     
  • At 29/07/09, 09:48, Blogger  said…

    humm... eu para evitar tal situação prefiro andar mesmo de sapatilhas!

     
  • At 29/07/09, 10:36, Blogger Espiral said…

    Gosto muito do teu site, mas devias informar-te melhor acerca de certas dicas que dá. Se não está convenientemente informada não fale do que não sabe.

    Sou socorrista na cruz vermelha portuguesa, e aparecem-nos especialmente nas peregrinações a Fátima (altura em que montamos uma tenda para prestar auxilio aos peregrinos) imensas pessoas que usam essa "técnica" de usar agulha e linha para furar as bolhas. Sim, deve-se furar as bolhas mas NUNCA se deve deixar uma linha (independentemente de ser esterilizada ou não) no pé. Façam vários furos com a agulha (esterilazada claro)que não se volta a acumular liquido.

    E a dica dos pensos higienicos nos pes é boa ideia. Para além de muito creme hidratante.

     
  • At 29/07/09, 12:35, Blogger joana said…

    Uns bons sapatos ou ténis e não há bolhas!ainda este ano andei por Veneza. oh cidade para andar, e nem uma bolha!

     
  • At 29/07/09, 12:54, Anonymous Paula said…

    Muito obrigada Mónica pela resposta ao meu e-mail.

    Vou ver se compro o stick de que falas de modo a que não me apareçam bolhas durante a viagem.

    Bjs.

     
  • At 29/07/09, 12:55, Anonymous Anónimo said…

    Para evitar bolhas o que tens a fazer é secar mt bem os pés e nao esquecer entre os dedos. Um conselho que me deram é não inventar. usar as sapatilhas que te dão bom andar e usar uma meia que nao aperte. A partir dai tudo e mais facil :)

     
  • At 29/07/09, 14:19, Anonymous Anónimo said…

    olá...
    Eu já fiz a peregrinação a Fátima... e não tive sequer uma bolha...

    Por isso deixo as seguintes dicas:
    - sapatinhas confortáveis,
    _ meias apropriadas... ou então 100% algodão;
    _ bom hidratante... comprei um na farmácia de uma marca qualquer... que me foi indicado como um hidratante/segunda pele para o pé;

    E claro devemos esfoliar de vez em quanto os pés... e hidratar todos os dias.

     
  • At 29/07/09, 15:52, Blogger pili said…

    para bolhas que tenham rebentado e que seja preciso proteger da água salgada e areia recomendo um spray "second skin" que deixa uma película protectora invisível.
    mas porque o melhor é prevenir, para grandes caminhadas recomendo botas e meias de algodão próprias. no verão e em destinos cidade ou praia umas sabrinas de sola de borracha ou umas havaianas (originais, porque a sola é muito melhor). não descurem a qualidade da sola pois é importante para reduzir o impacto sobre as articulações e ajuda na diminuição das dores e cansaço das pernas e pés.

     
  • At 29/07/09, 16:05, Anonymous Rosarinho said…

    Comprovado!!
    Apesar de serem um bocadinho caros,os produtos da Compeed valem MESMO a pena! Comprei uma vez na farmácia e fiquei fã para sempre!

    Têm tamanhos especiais para cada parte do pé. Relativamente ao stick, nunca usei, mas já ouvi opiniões muito favoráveis!

    Boa dica!

     
  • At 30/07/09, 10:15, Blogger martinhaa said…

    de facto Mónica... a espiral tem mais que razão!

    uma dica muito má...
    furar...sim, mas ´retirar a pele da bolha!deixar essa zona arejada depois d bem desinfectada... é uma das primeiras coisas que os enfermeiros apredem, assim como os socorristas e os podologistas!

    no minimo corrigir este post! nem todos os leitores leem os comentarios...

    bjinhò*

     
  • At 30/07/09, 10:48, Anonymous Anónimo said…

    Olá Mónica!
    Parabéns pelo blog:)
    Não vai voltar a haver a rubrica "dicas de beleza de..."?
    Era tão útil!
    Acho sempre importante ouvir opiniões pessoais sobre proutos e saber se os mesmos funcionam realmente ou não ;-)
    beijinhos!
    carla*

     
  • At 31/07/09, 14:25, Anonymous Anónimo said…

    Sendo uma adepta feroz das caminhadas, já sofri muito com bolhas nos pés e por isso fui aprendendo com vários(as) companheiros de caminhadas e testei muitos dos métodos que aqui aparecem, caso da agulha com o linha, dos pensos higiénicos, etc, etc.
    A experiência diz-me que os dois principais factores causadores de bolhas, que se devem eliminar ou pelo menos minimizar são a umidade e a fricção. para o primeiro nada como mudar de meias qundo sentimos os pés humidos. Para o segundo usar uns tenis confortáveis e dois pares de meias do avesso.
    Dois pares, porque assim a fricção passa a fazer-se entre os dois pares de meias e não entre o pé e os ténis. As meias do avesso, porque desse modo as costuras, por muito ténues que sejam deixam de molestar directamente a pele.
    No caso da Paula. (eu tb sou Ana Paula)Desejo-lhe umas óptimas férias. Quando pela 1ª vez fui a Paris usei estes métodos e durante 15 dias palmilhei a cidade-luz e Arredores e nunca fiz bolhas.
    Podes encontrat mais informações em http://www.calcadodesportivo.com/calcado_peregrinacao.htm

    Para a Mini-saia os meus parabens pela continuação do bom trabalho, já recebi boas dicas (inclusive por mail) e agora é a minha vez de modestamente tentar retribuir um pouco do muito que já recebi.
    Bem haja A lice.

    Ana Paula

     
  • At 02/08/09, 01:05, Anonymous perolas said…

    Sou caminhante, por isso é normal fazer caminhadas de dois dias seguidos de 25 a 30kms/dia. Na rua nunca tive problemas com sapatos, nunca me fizeram bolhas nem quando são novos. Mas há poucos meses fiz uma caminhada de 8 dias consecutivos com uma media de 28kms/dia, em todo tipo de terreno. Como caminhante experiente que sou calçava botas de caminhada, 2 pares de meias 100% algodão sem costuras e todos os dias massajava e hidratava os pés. Mas as bolhas apareceram e quase me fizeram desistir. Como já alguém disse as bolhas devem ser furadas, no fim colocava tintura de iodo, que se pode comprar baratíssimo em qualquer farmácia e ajudam a bolha a secar. Também utilizei os pensos compeed e acho que são absolutamente horríveis para grandes caminhadas. Tem 2 problemas: Como colam à pele quando se tiram muitas das vezes a pele vai atrás e como são de silicone não deixam a pele respirar, fazendo com que a bolha em vez de sarar, seja mantida. Quanto ao stick nunca experimentei, talvez na próxima grande caminhada. Também fui informada que existem excelentes produtos para prevenir bolhas na decathlon.

     
  • At 04/08/09, 11:54, Blogger OuSaDiAs said…

    Olá...
    Eu tb tenho mtas bolhas e desde k uso uma solução da Avon k nao as tenho com tanta frequencia...
    e kd as tenho aplico a solução (é tipo um baton gloss) e ja esta...

    simples e eficaz...

    bjs
    Rosarinho

     
  • At 07/08/09, 22:11, Blogger MissGarfield said…

    So uma pequena correcçao em relaçao aos pensos compeed (ou pensos urgo, ou qualquer outra marca do genero, que a compeed n e a unica). Pra começar nao sao de silicone e sim de hidrogel. E a pele vem agarrada ao penso, se a pessoa que os colocou nao leu as instruçoes onde diz "Não deve puxar o penso. Ele mantem-se colado durante aproximadamente 3 dias e deposi sai por si."

    Não tentem nunca, mas nunca puxar um penso hidrogel. Mantenham-no no sitio. lavem os pezinhos com ele la colocado, k ele so sai quando estiver pronto a sair. E quando ele sair a bolha já tera secado e estara uma pele nova por baixo.

    trust me

     
  • At 30/09/09, 04:06, Blogger Thais Adler said…

    Em áreas em que eu sei que vai haver fricção eu coloco uma tirinha de micropore daquele transparente...imperceptível e me fez nunca mais ter bolhas ;D

     

Enviar um comentário

<< Home